Alameda Santos, 211 Cj.1305 Seg - Sex 07:00-19:00 Sáb. 08:00-13:00 55 11 3283 2018 - Whatsapp 55 11 95327 9449
0

Biópsia de vilo corial

Biópsia de vilo corial

Objetivos: Colher material da placenta para avaliação do número e da estrutura dos cromossomos fetais (cariótipo fetal).

Idade gestacional: De 11 a 15 semanas de gravidez.

Técnica: O procedimento é realizado por via abdominal, com a gestante deitada em decúbito dorsal horizontal (com o abdome para cima). Após identificar a posição da placenta com o uso do equipamento de ultrassonografia, o médico realiza a antissepsia (limpeza) da pele do abdome materno e aplica um pouco de anestésico local onde será introduzida a agulha de biópsia. O procedimento todo é realizado sob orientação ultrassonográfica, ou seja, o trajeto da agulha da pele até a placenta e vice-versa é monitorado o tempo todo com a ultrassonografia. Após a retirada da agulha de biópsia do útero, o material (vilosidades coriônicas) é separado e enviado ao laboratório de genética para análise. Durante o exame, é possível que a gestante sinta leve cólica em baixo ventre.

Duração: O procedimento de biópsia dura aproximadamente 2 minutos. O resultado do cariótipo fica disponível em dois a três dias caso o casal opte pela realização do FISH (resultado preliminar e que deve ser confirmado pela cultura). O resultado definitivo fica disponível em 7 a 10 dias, tendo sido ou não realizado FISH.

Contraindicações: Não há contraindicações específicas para este tipo de exame. Pacientes com distúrbios de coagulação ou tomando algum tipo de anticoagulante devem avisar o médico antes da marcação do exame.

Limitações: Apesar de este ser um exame com a finalidade de diagnosticar (confirmar) a normalidade ou a anormalidade cromossômica fetal, a chance de falha não é inexistente. Isso ocorre pela possibilidade de resultados falso negativos (exame não detecta uma anormalidade que na verdade existe) e de mosaicos (presença de dois ou mais tipos celulares diferentes com relação à constituição cromossômica). Apesar disso, a acurácia do resultado é da ordem de 98,5%.