Alameda Santos, 211 Cj.1305 Seg - Sex 07:00-19:00 Sáb. 08:00-13:00 55 11 3283 2018 - Whatsapp 55 11 95327 9449
0

Perfil biofísico fetal

Perfil biofísico fetal

Objetivos: Avaliar o bem estar fetal por meio de sinais observados com a ultrassonografia e com a cardiotocografia (tônus, movimentação corporal, movimentação respiratória e reatividade cardíaca do feto; quantidade de líquido). Além disso, avalia-se também o crescimento, a posição e a apresentação do bebê e as características da placenta.

Idade gestacional: Terceiro trimestre da gravidez.

Técnica: O exame é realizado em duas etapas, inicialmente com o equipamento de ultrassonografia e depois com o aparelho de cardiotocografia. A ultrassonografia é realizada por via abdominal, com a gestante deitada em decúbito dorsal horizontal (com o abdome para cima). Após aplicação de pequena quantidade de gel sobre a pele do abdome, o médico desliza levemente um transdutor sobre a área de interesse para avaliação dos parâmetros ultrassonográficos do perfil. Depois disso, a paciente é levada a outra sala para a realização da cardiotocografia. Neste exame, a gestante permanece deitada com o abdome para cima, em uma cadeira de repouso. Novamente, pequena quantidade de gel é aplicada sobre seu abdome e um transdutor é posicionado para detectar os batimentos cardíacos fetais, que são registrados durante um período de 20 ou 30 minutos.

Duração: Aproximadamente 1 hora.

Contraindicações: Não há contraindicações específicas para este tipo de exame.

Limitações: O perfil biofísico fetal não tem como objetivo a pesquisa detalhada da anatomia fetal, com intuito de confirmar a normalidade e diagnosticar malformações. Os exames com esta finalidade são os morfológicos de primeiro e segundo trimestres, realizados em idades gestacionais que permitem ao médico as melhores condições para avaliação da anatomia do bebê.