Alameda Santos, 211 Cj.1305 Seg - Sex 07:00-19:00 Sáb. 08:00-13:00 55 11 3283 2018 - Whatsapp 55 11 95327 9449
0

Rede Gestar

A Rede Gestar de Medicina Fetal é um grupo formado por profissionais altamente especializados e por centros médicos (clínicas, hospitais e laboratórios) de todo o território nacional, que tem como finalidade disponibilizar às gestantes os mais avançados recursos para prevenção, diagnóstico e tratamento clínico e/ou cirúrgico de todas as doenças que podem acometer o feto.

Os objetivos principais da Rede são: garantir contínuo aperfeiçoamento, atualização e integração dos profissionais e das instituições participantes; garantir e facilitar o acesso das gestantes provenientes de todas as classes sociais (setores público e privado) aos centros e profissionais que integram o grupo.

Os especialistas participantes da Rede têm sua formação e atualização continuadas graças a parcerias sólidas entre instituições e profissionais que promovem assistência, ensino e pesquisa. Devem ser destacados os papéis fundamentais que o Centro Gestar de Medicina Fetal, o CETRUS (Centro de Ensino em Tomografia, Ressonância Magnética e Ultrassonografia), o Hospital do Coração de São Paulo e a Chromosome Medicina Genômica têm na garantia dessa formação continuada e na assistência diferenciada a gestantes provenientes de toda a América Latina.


Atualmente, sob a coordenação do Dr. Fábio Peralta, 6 centros no Brasil e outros 3 no Chile e na Colômbia estão em processo de treinamento específico para as cirurgias fetais. Esse treinamento visa habilitar profissionais de altíssimo gabarito, que há anos têm se dedicado à medicina fetal, ao tratamento do feto com as técnicas mais avançadas e eficientes disponíveis na especialidade. Para tanto, um programa bem estruturado, que envolve as instituições mencionadas acima, se completará em dois anos, tempo mínimo para que estes especialistas realizem, com supervisão e orientação, número suficiente de cirurgias para atingir um grau de expertise que garanta bons resultados. Este investimento visa descentralizar a cirurgia fetal das cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro, facilitando, de acordo com o propósito da Rede, o acesso de pacientes de todo País a todos os tratamentos disponíveis na medicina fetal. Assim sendo, Dr. Everardo Guanabara (Ceará), Dr. Orlando Neto (Pernambuco), Dr. Sérgio Matos (Bahia), Dr. Jair Braga (Rio de Janeiro) e Dr. Fábio Batistuta (Minas Gerais), em processo de treinamento, contribuirão em breve com o “braço terapêutico cirúrgico” da Rede Gestar.